15 out
Anjos no caminho

Nesta caminhada, durante esses 6 longos anos, vários anjos em forma de gente foram de extrema importância para mim. Foram apoio, foram colo, foram torcida. Começando pelo marido que estava comigo sempre, sonhando junto. Nossas famílias que torceram e sofreram conosco em todos instantes. Amigos próximos que em alguns momentos foram irmãos, que se preocupavam com a gente e estavam ligados sempre, muitas vezes fazendo de conta que não estavam nem aí para este tema mas que estavam pendentes de alguma notícia positiva… Mas hoje venho lhes falar de outros anjos e divido com vocês o encontro de alguns que encontrei na internet através de um grupo muito especial de mulheres que conheci lá no ano de 2002 e que até hoje mantenho contato.

O fórum de infertilidade da Colunista Cláudia Collucci na UOL, era um espaço aberto para mulheres que tinham dificuldades para engravidar, espaço para dúvidas, conflitos, desabafos e expor nossas histórias. Mulheres do Brasil inteiro, algumas brasileiras também que moravam no exterior, numa troca fantástica que me fez muito bem naquele momento. O se deparar com pessoas com histórias parecidas a minha, com outras com casos aparentemente bem mais complicados que o meu e que haviam conseguido e outros tantos mais. Digamos que era uma terapia gratuita na internet. Haviam algumas que como eu eram assíduas e que começamos a seguir os passos umas das outras nessas tentativas para engravidar. Até um certo momento que começamos a nos identificar pelas regiões que cada uma morava, e um dia fui contactada por uma recifense chamada Cleide que me informou sobre um grupinho de mulheres com dificuldade para engravidar que estavam começando a se reunir pessoalmente aqui em Recife…

Trocamos alguns e-mails, deixei o receio de lado (afinal se encontrar com pessoas que você nem conhece…). A curiosidade e a vontade de me juntar ao grupo foi mais forte e lá fui eu conhecê-las no Shopping Center Recife. Elas já tinha se reunido a princípio em outro shopping da cidade, marcaram 4 de se encontrar e afinal foram 3, Cleide e mais duas, e desde o princípio o grupo se identificou demais. E lá fui eu ao Shopping Recife encontrá-las. Gente, era um frio na barriga! Em algum momento pensei na loucura de ir ao encontro de pessoas que não conhecia mas por outro lado ansiosa por me juntar a pessoas que me entenderiam bem o que eu estava sentindo e passando…. Marcamos de nos encontrar para um café que durou horas e foi maravilhoso!!! Nos primeiros encontros a pauta era basicamente cada uma contar “ao vivo” sua história em detalhes, as horas passavam e não nos dávamos conta. Foi muito importante para todas aqueles momentos de conversa, desabafo, lágrimas e amizade que nasceu diante daquela sintonia.

Os anos foram passando e algumas começaram a realizar seus sonhos, algumas se afastaram, outras continuavam na luta, outras retornaram ao grupo e após 12 anos continuamos em contato, não tanto como no princípio mas com a reunião de fim de ano sempre em pé e alguns encontros ao decorrer dos anos. Hoje em dia somos 11 mulheres, agora com grupo no whatsapp e poucos e-mails mas que nos fazem presentes umas nas vidas das outras. O foco agora já não é engravidar, isso ficou para trás e se transformou em encontro de amigas, mulheres, mães, com direito a papos mais relaxados e dando tchau aquele passado que tanto nos fez sofrer, mas também crescer!

E com base neste grupo de mulheres maravilhosas, em algumas oportunidades dividirei histórias lindas e emocionantes que com certeza serão importantes para vocês. Ficando o incentivo de continuarem seguindo este blog e outros espaços mais que lhes fizerem bem, como assim me fez naquele momento da minha vida.

sentadas Cleide, Viviane e Andréa    Em pé Sofia, Taci e Ana Paula

Foto acima do primeiro encontro de algumas daquelas mulheres especiais e tão importantes naquela espera.

  amigas
 Foto com alguns desses anjinhos. Todos os anos, desde então, no final do ano nos encontramos!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário