07 set
E deu certo de Primeira
aline gravida 2

Após o último post alertando para a realidade infeliz dos prognósticos referentes a gravidez por meio de tratamentos de Reprodução Assistida venho trazer boas novas e ânimo para vocês através de duas lindas histórias. Ambas que foram abençoadas na primeira e única tentativa de fertilização in vitro! Sim, existem esses casos e você claro pode se enquadrar neles por que não? Não custa sonhar e acreditar! Maaas sempre tentando colocar os pés no chão… Pareço uma vovó chata que fica lembrando e relembrando mas quero mais é cuidar de vocês entendido?

Mas vamos lá a um post leve, gostoso e POSITIVO, com direito até quem sabe a cheirinho de bebê de tão bom que é ler casos assim e se permitir sonhar por um instante, por que não? Estão liberadas pelo menos por um tempinho aqui ok? rsrs.

Vamos lá!

Nesta minha caminhada tive uma pessoa que esteve comigo em todos os momentos, vibrando muito e sofrendo junto: a minha irmã Aline (a “modelo” LINDA de capa deste post). Uma amiga, acima de tudo! Escolhida desde sempre para ser madrinha do meu primeiro filho (“pacto” que tínhamos desde crianças: ela ser a madrinha do meu primeiro filho e eu ser do dela). Ela sempre estava ali para uma palavra de conforto ou para um silêncio sofrido e respeitador, mas ao lado SEMPRE. O que ela queria era me ajudar e estar junto. Sei o quanto sofreu e deve ter chorado escondida de mim, e bem sei o quanto sonhou com a realização deste meu sonho. Até que chegou o dia e a minha alegria era a dela!

Tive minha primeira filha em 2007. Aline se casou em janeiro de 2008. Desde sempre se organizou para liberar em 2010 e infelizmente a gravidez não veio logo… Foram 2 anos de espera, a ansiedade começou a tomar conta dela – e de mim! (eu pensava: meu Deus ela vivenciou tantas coisas comigo e agora ela terá que passar por isso?). E depois ela me confessou que temia não ter forças para superar como eu tive… Até que chegou a indicação de fertilização in vitro e lá foi o apoio virar de lado e eu estar ali para sustentá-la da melhor maneira, emocionalmente falando… No início de dezembro de 2012 na primeira tentativa 02 embriões foram transferidos ao útero, e no dia 19 de dezembro de 2012 confirmada a gravidez (pense num natal feliz!). Em comparação a minha a história pelo menos foi bem mais curta (apesar de que para ela e o cunhado a sensação é de que foi longa demais, claro!) e em 18 de agosto de 2013, através de um lindo parto normal, Aline se converteria em a MÃE de BENÍCIO! Para mim, tia e dinda babona: o bebê mais lindo do planeta!!!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário