29 jan
Futuros Papais

Sem título

Sempre falamos muito aqui direcionado às futuras mamães, às mulheres que sofrem com a infertilidade. Claro que por várias vezes falo do parceiro de caminhada, mas até então na verdade não havia escrito direcionado aos homens que também leem nossas mensagens e acompanham nossos posts.

E nos últimos dias, dois homens, amigos meus, me chamaram atenção para isso. Os dois já passaram por esta espera, nos acompanham e gostam muito desse espaço. Então senti certa “carência” de atenção e reconhecimento a vocês que sofrem ao lado das futuras mamães e muitas vezes pensam passar desapercebidos, o que assim não são, ao contrário! Bem sabemos o quanto sofrem, mas que de repente disfarçam e não expõem muito seus sentimentos, sendo impostos e cobrados pela situação e talvez por si mesmos a serem os fortes e o equilíbrio nesta espera tão dolorosa. Que difícil!

Pois bem, aqui estou para lhes dizer que – geralmente – vocês arrasam, dando a contenção tão necessária para nós que nessa espera ficamos tão fragilizadas… Digo que só segui em frente porque tive ao lado um companheiro que me deu total apoio e que na hora que batia o desespero estava ao meu lado para me fazer desacelerar e me fazer enxergar que além do sonho da maternidade havia vida, havia nós dois!

Imagino o quanto deve ser complicado para vocês, futuros papais, ter que nos “aguentar” em certos momentos… Momentos que muitas vezes nem nós mesmas nos aguentamos. Imagino como deve ser difícil manter a postura firme e em determinados momentos nos dizer que está tudo bem e sob controle, mesmo no íntimo sabendo – e sofrendo – que não está nada bem e que as chances e esperança da vinda do seu filho estão cada vez menores, diante dos prognósticos médicos.

Também deve ser doloroso ver a mulher que você ama se submetendo a tantos sacrifícios que estão incluídos nos tratamentos de reprodução, lutando bravamente pelo filho que tanto esperam. Como deve ser horrível quando você se sente o motivo, por ter sido diagnosticado algo em você, daquele sofrimento do casal. E aqui insito em lembrar mais uma vez, que não há culpado nisso e sim um CASAL que sonha junto e luta pela realização deste sonho a dois.

Então aqui deixo minha admiração e total apoio aos papais tentantes, ou melhor, aos futuros papais que nos acompanham. Uns por curiosidade, outros por tentar conseguir interagir e entender mais ainda ao que se passa na cabeçinha da sua mulher diante de tanta ansiedade e dor, outros por encontrar algo de conforto para si mesmos através desse espaço que está destinado a lhes fazer animar a não desistir deste sonho da chegada do filho tão esperado.

E lhes digo… Esse espaço é aberto com maior prazer para vocês também, este espaço é NOSSO!

Sejam bem vindos sempre!!!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário