01 mai
Gabriel e Guilherme, os Príncipes da mamãe Verena!

FullSizeRender(3)

Um dia entre as curtidas de alguns posts no instagram o seu nome me chamou atenção: Verena… Vez por outra lá estava ela presente curtindo e as vezes comentando. Me lembro bem que em alguns momentos dividiu comigo suas angústias nessa espera que não foi fácil. Até que um dia soube que aquela seguidora linda com nome bonito e raro, estava grávida! Como sempre fico MUITO feliz com a vitória de cada uma de vocês! E um certo dia curiosamente entrei na sua página no instagram e me deparei com dois lindos bebês, seus filhos! Não resisti e a convidei para vir aqui nos contar um pouco da sua trajetória até a chegada dos príncipes Gabriel e Guilherme!

“Quero compartilhar com vcs um pouco da minha historia.
Sempre tive um sonho de ser mãe, porém nunca imaginava que minha caminhada seria longa e muito dolorosa.
Eu e meu marido namoramos por 12 anos e casamos … Sempre sonhávamos com uma família grande com muito filhos , quando completamos 2 anos de casados resolvemos realizar nosso sonho e construir nossa família.
Então parei de tomar remédio , e esperei … No primeiro mês não menstruei então já achei que estava gravida, mas não… Passou mais um mês e nada de menstruar novamente, comecei a sentir cólicas horríveis. Fui ao médico e lá fiz um ultrassom e onde foi constatado a presença de um cisto hemorrágico enorme no meu ovário direito. Perdi o chão, chorei, me desesperei … Estava prestes a perder meu ovário, mas graças a Deus com as medicações foi controlado. Porém, logo em seguida, descobriram que eu não ovulava… Sim, fui diagnosticada com anovulação crônica. Mais uma vez achei que não ia aguentar, chorei 15 dias seguidos sem parar. Foi quando então a médica sugeriu que fizéssemos indução da ovulação com coito programado e assim fizemos por 2 meses seguidos e nada. Quantas frustrações e decepções, foi quando decidi parar uns 2 meses para respirar e pensar no que iria fazer … Em dezembro de 2014 partimos para uma tentativa de inseminação artificial, tinham muitos folículos e meus ovários incharam, assim os folículos se romperam e todo líquido foi para cavidade abdominal, tendo que ser cancelada a inseminação. Tive um quadro de ascite grave – água em toda a cavidade abdominal- tinha dores horríveis, ficando internada no hospital em estado grave.
Em toda essa caminhada contei com a força do meu marido e de DEUS … Meu marido sempre lutou e sofreu por tudo isso ao meu lado, mas nunca desanimou … Falava sempre pra mim que estávamos juntos e que iríamos conseguir realizar nosso sonho.
Diante de tudo o que havíamos passado eu e meu marido não sabíamos mais o que iríamos fazer … Pedimos para DEUS uma luz e ela chegou. Sou médica e um dia quando fui dar plantão em um hospital, chamei um paciente para atender e ele entrou na minha sala dizendo que não tinha nada e sim que estava ali porque DEUS tinha mandado, para me mandar acalmar o coração e me dizer para ir à São Paulo e procurar um médico chamado Carlos Petta. Detalhe, aquele rapaz não sabia de nada do que eu estava passando e saiu de lá dizendo que eu iria realizar o meu sonho. Lembro que cheguei em casa chorando e lá fomos nós para nossa primeira consulta em São Paulo! Sou do interior do estado de são Paulo e fui sim com esperanças e com minhas forças renovadas, após aquele “recado”…
Desde o início revolvemos juntamente com o médico partir para fazer fertilização in vitro. Coletei os óvulos em março de 2015,congelamos os embriões e no dia 23 de maio de 2015 fiz a transferência. Uma semana após já fiz o teste de farmácia e deu POSITIVO …. Dia 01 de junho de 2015 fiz o beta e se confirmou o POSITIVO! E a emoção não parava por aí, no dia 09 de junho descobri que meus 2 milagres estavam dentro do meu ventre… Seria mãe de gêmeos!!! Foi a maior alegria da minha vida.
Minha gestação foi maravilhosa, consegui levar minha gestação até o final e no dia 11 de janeiro de 2016 meus milagres nasceram! Meus Gabriel e Guilherme, nasceram perfeitos, ambos com 45cm e com peso suficiente para irem para casa comigo.
Até hoje entro no quarto deles e me emociono muito, nem acredito que Deus me deu esses dois milagres!
E, como a Taci sempre diz por aqui, TUDO valeu a pena!”

a2

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário