14 fev
Jamais esquecerei… E para sempre valorizarei

16602702_726453337530766_8371178446304640029_n

Eu jamais o esquecerei ali ao lado, sempre. Em silêncio apertando a minha mão, às vezes literalmente me dando colo, em alguns outros momentos com uma palavra oportuna de contenção. Era o marido também que me fazia enxergar quando a situação já estava tomando conta de mim, da nossa relação, saindo fora do controle, e assim ele me alertava, me fazia entender que necessitávamos de um tempo, tempos estes preciosos para nos “reencontrar” e nos reerguer para uma próxima batalha, juntos. E para sempre serei grata, porque com certeza se não o tivesse ali, daquela maneira como meu Porto Seguro, não tínhamos chegado ao nosso objetivo , à concretização do nosso sonho. Quando um dia pensamos nos possíveis nomes para nossa futura filha, eu sugeri Mariana em sua homenagem, homenagem super justa e linda, merecida mesmo. A nossa princesa carregaria o nome do seu papai, do meu companheiro de jornada, daquele que me fazia sentir uma mulher especial, principalmente nos momentos em que me sentia talvez a pior das mulheres, aquela que não poderia talvez lhe conceder um filho, mas que ele sequer admitia que eu falasse dessa minha percepção, porque para ele o fato de eu estar lutando da forma que lutei já lhe bastava para me admirar e estar mais que nunca ao meu lado, independentemente de filho ou não.
E você? Tens valorizado aqueles seres que estão de “mãos dadas” contigo nesta caminhada? Muitos deles que se fazem fortes e inabaláveis mas que em algum momento necessitam também de contenção e reconhecimento, em forma de abraço, beijo, colo também.
Para você meu companheiro de vida, meu muito obrigada para sempre. Chegamos às nossas princesas graças ao seu apoio, sem isso não chegaria a lugar nenhum e a vida com certeza não seria tão bela sendo a mãe delas, nossas Nana e Tina. ❤

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário