13 out
MEDO, após o positivo tão sonhado

sintomas-preocupantes-gravidez

Meninas, tenho recebido algumas mensagens de seguidoras que, enfim, estão grávidas! E entre os bate papos algo que tem me chamado atenção é o fato da maioria expor que tem sentido medo, que não conseguem desfrutar plenamente da gestação por ter receio de perder o bebê. E sabe o que tenho a lhes dizer? Que é NORMAL! Super normal, após uma espera ansiosa, algumas de anos e  muita luta, se ver ali com seu sonho crescendo no seu ventre e o medo aparecer de vez em quando querendo roubar a cena. Sim, é bem mais comum do que imaginam, afinal quando passa a euforia inicial de quando se descobre e voltamos à realidade de que estamos grávidas, em algum momento se sente um friozinho na barriga de apenas imaginar que pode não dar certo.

O primeiro trimestre então é um “bicho papão” para as mais medrosas de plantão. A chegada às tais 12 semanas então… é o desejo de consumo da maioria das mamães, ex “tentantes”. Como todas já sabem a grande taxa de aborto se dá nesse primeiro trimestre e isso assusta um pouco. Só um pouco combinado? Claro que está bem estar consciente dessa possibilidade, mas não ficar tão apreensiva ao ponto de você não curtir o momento mais feliz e esperado da sua vida. Você está ( ou estará) grávida e isso já é uma dádiva a ser maravilhosamente festejada dia após dia!

Muitas se assustam com algumas sintomas, umas sentem umas colicazinhas, outras se sentem indispostas… E em alguns casos os sintomas são motivos de tensão, e por isso venho aqui lhes alertar e pedir para que tentem relaxar! Não que não estejam atentas a alguns sinais, mas que também não estejam preocupadas ao extremo. Antes que nada pense que você está grávida e que seu corpo estará em constantes mudanças e, consequentemente, alguns sintomas nunca sentidos estarão presentes.

Quais sintomas que devem ser alerta e motivo para se preocupar e entrar em contato de imediato com seu médico? Estive pesquisando e no início da gravidez alguns sintomas que NÃO devem ser ignorados são:

-Sangramento (mesmo que em pequena quantidade)

-Dor Abdominal Intensa

-Febre

-Tonturas e Desmaios

-Náuseas e Vômitos em GRANDE quantidade

Achei inclusive um artigo bem interessante que lhes passarei o link que lista todos os sintomas que não devem ser ignorados em todas etapas da gestação e que desde já (mesmo que você AINDA não esteja grávida) vale a pena dar uma lida e conferir: http://mdemulher.abril.com.br/saude/bebe/sintomas-que-nao-podem-ser-ignorados-em-cada-fase-da-gravidez

Pois bem, estando cientes desses sintomas e atentas para tais, tentem relaxar e curtir esse momento único!

Mas posso lhes confessar algo? Eu também senti esse “medinho”, sentimento este que vai diminuindo quanto mais a gestação for evoluindo, mas que só terminou MESMO sabe quando??? No dia  do nascimento, quando escutei o seu chorinho, senti no bloco cirúrgico que estava tudo sob controle e a tive ali no meu peito amamentando de imediato! Como chorei! Choro de “descanso”, de alívio, de VITÓRIA, enfim!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário