21 jan
Na Mídia!

16174503_712459102263523_442782379902377178_n

Tinha dado esta entrevista tempos atrás, não sabia quando sairia e desde cedo recebo mensagens parabenizando pela bela matéria que o Jornal Diário de Pernambuco publicou no dia de hoje. Na chamada da matéria eu e minha duplinha contando um pouquinho de tudo que passei até chegar a elas. Amo falar e escrever sobre este tema, quero mais que minha história chegue a mais e mais mulheres que estão na luta, sempre levando a mensagem de que TUDO valerá a pena até chegar à realização do sonho da maternidade!
“Cinco por cento. Esta era a chance da bacharela em direito Taciana Lira engravidar. Aos 31 anos, havia acabado de detectar falência ovariana precoce. Antes disso, havia passado por uma cirurgia, tratamentos hormonais, inseminação artificial e duas fertilizações in vitro. Partiu para a última tentativa: mais uma fertilização. Naquele momento, só os 5%, um dos tantos números e probabilidades encaradas em seis anos tentando engravidar, traziam esperança. “Era melhor do que 0%”, pensava. Meses depois, trouxe a filha Mariana ao mundo. A emoção logo virou surpresa. Mariana ainda era um bebê de colo quando Taciana descobriu uma nova gravidez, dessa vez, sem nenhum tratamento. Até a gestação inesperada de Valentina, “o milagre”, Taciana tinha confiado aos médicos e laboratórios o sonho de ser mãe. Nunca esteve sozinha. Só em 2015, 35,6 mil ciclos de fertilização in vitro foram realizados no Brasil, 946 deles em Pernambuco. Com taxas de sucesso variadas, os métodos de reprodução assistida são banhados de incertezas, desafios éticos e até mesmo casos surpreendentes para a medicina.”
http://www.impresso.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/cadernos/vida-urbana/2017/01/21/interna_vidaurbana,161919/os-numeros-do-milagre-da-concepcao.shtml

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário