10 fev
Os recados que a vida dá

fantasia menina2

Eram dias prévios do carnaval de 2006, lá estava eu trabalhando, trabalhava numa livraria bem grande e naquele dia haveria a apresentação de umas crianças que iriam dançar.

Naquela época já faziam um pouco mais de 5 anos de tentativas frustadas para engravidar, carregava nas costas o diagnóstico da endometriose, cirurgias, tratamentos hormonais, inseminação, duas fertilizações in vitro e um coração calejado de esperar.

Havia decidido mudar de equipe médica, cabeça confusa, angústia presente, mas com a esperança de mulher sonhadora que nunca me abandonou.

Num dado momento escuto que a música tomava conta do ambiente e resolvi me aproximar para assistir um pouco da apresentação. No meio de tantas crianças uma menininha muito me chamou a atenção, parecia que estava ali só eu e ela, ela olhava para mim diretamente com um sorriso encantador. Naquele momento, pode parecer loucura, mas comecei a me imaginar assistindo a minha filha que um dia existiria, uma emoção tomou conta da minha pessoa, uma alegria sem fim encheu o meu coração e ao terminar a apresentação resolvi me aproximar da garotinha apenas para saber como se chamava e eis que me responde com um belo sorriso e olhinhos brilhando: Mariana!

Disse que ela era muito linda, a elogiei como havia dançado e me retirei… Desabei. Tive que engolir o choro e me ausentar imediatamente. Não poderia assustar aquela criança com meu choro descontrolado. Sim, eu não poderia me conter, eu não aguentaria. Mariana seria o nome da minha filha, há poucos dias em uma conversa com o marido havíamos decidido que quando engravidasse e se fosse uma menina se chamaria Mariana, em homenagem ao papai Mariano. Também havíamos conversado sobre nossas intuições e preferências. Eu sempre sentia que teria uma menina, não que preferisse, para mim o sexo seria um mero detalhe, mas eu sentia que viria a minha Mariana. Já o marido declarou a sua preferência declarada de que gostaria muito ser pai de uma menininha.

E ali naquele momento, momento recente que havíamos decidido que partiríamos para a terceira e última tentativa de fertilização, aquela garotinha veio ao meu caminho para confirmar que faltaria menos para ser a mamãe da MINHA Mariana. E assim sucedeu, em outubro daquele ano estaria grávida da minha primeira princesa!

Então fiquem atentos e acreditem nos recadinhos que a vida traz, que Deus manda ao nosso caminho, através das formas jamais imaginadas e nos lugares mais impensados. Recados que acalentam a alma e renovam nossas forças e esperança neste caminho as vezes tão difícil, recadinho que te soa como bela música te avisando que se aproxima o tão esperado momento… Sempre na certeza de que falta menos!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe seu comentário